Até o presente momento temos duas pousadas comunitárias funcionando no rio Arapiuns: uma na Comunidade de Atodi, no Projeto de Assentamento Extrativista Lago Grande e outra na Comunidade de Anã, na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns.

Estão estruturadas para receber hóspedes individuais ou grupos, oferecendo alimentação e hospedagem em rede. A capacidade receptiva é de no máximo 20 pessoas em Atodi e 30 pessoas em Anã.

As construções em madeira e alvenaria, cobertas de palha, incluem uma área de convivência, uma cozinha, banheiros de uso coletivo (masculinos e feminino), uma maloca/redário.

As pousadas têm água corrente fornecida pelo poço artesiano da comunidade (não tem água quente) e dispõem de um sistema solar fotovoltaico que garante iluminação, funcionamento de um freezer e a possibilidade de recarregar telefones e máquinas fotográficas.

As comunidades estão organizadas para fornecer as refeições e oferecem algumas atividades organizadas para os visitantes:

Em Atodi – Trilha dos Castanheiros, passeio de canoa no igapó e banho de igarapé, farinhada (apresentação do processo de beneficiamento da mandioca e de seus derivados).

atodi_01
Pousada Comunitária de Atodi Projeto de Assentamento Extrativista Lago Grande Santarém, Pará, Amazônia, Brasil Cooperativa de Turismo e Artesanato da Floresta – TURIARTE Fotos: Chemma Llanos, Luca Vittorio Toffolon, Davide Pompermaier

Em Anã – Visita ao projeto de manejo de abelhas nativas sem ferrão, visita ao projeto de criação de peixes no lago da comunidade, visita ao viveiro / horta comunitário.

ana_01
Hospedaria Comunitária de Anã Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns Santarém, Pará, Amazônia, Brasil Cooperativa de Turismo e Artesanato da Floresta – TURIARTE Fotos: Sergio Amaral, Dirk Henker, Luiz Fernado Magri, Davide Pompermaier

Em ambas é possível visitar à comunidade, organizar rodas de conversa em casa de comunitários, visitar às comunidades próximas que produzem artesanato em fibra de tucumã.

É possível também negociar, conforme a disponibilidade, outros passeios de canoa, uma pescaria no rio ou igarapé e acompanhar um dia de trabalho na roça.

Advertisements